Uber é processado na França após dar informações sobre traição de marido

Sim, a história é louca e envolve um bug na versão do iPhone. Um empresário Frances está processando o Uber e pedindo €45 milhões (US$ 48 MILHÕES) após a sua esposa receber notificações das suas viagens e pedir o divórcio.

A história é simples: o empresário precisou utilizar o iPhone de sua esposa para pedir o Uber uma vez e logo depois deslogou de sua conta. Mesmo assim o smartphone de sua esposa continuou recebendo as notificações das viagens dele, e logo depois descobriu que ele tinha uma amante. O advogado do homem relatou que o bug causou problemas em sua vida pessoal.

O site Le Figaro, que deu a notícia, tentou contato com a Uber Francesa, que em nota afirmou não comentar casos individuais e em especial envolvendo divórcios. O portal de notícias também fez um experimento recriando a mesma situação: logando e deslogando do Uber em um iPhone e logo depois utilizando-o normalmente em outro iPhone e sim, os dois smartphones receberam as notificações das viagens. Também detectaram que após uma atualização em dezembro o bug parou e na versão para Android nenhum problema foi relatado.

Via The Verge

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.