Lala land | O “filme de Oscar “

Todos os anos são produzidos os chamados “filmes para Oscar”. Só que nem sempre as coisas saem como planejadas. Seja por injustiça ( A cor purpura), seja por não atingir o objetivo ou ter concorrentes melhores,os filmes com muitas indicações ficam sempre visados

Dessa vez o filme de Oscar foi Lalaland. Um dos filmes mais divulgados e aplaudidos pela mídia. A mesma reação não foi vista pelo público. O retorno do público foi bem dividido. Enquanto uns acharam ótimo, outros acharam ok.

Mas o que me admirou não foi Lala land não levar nem 50% dos prêmios que concorria. Foi não ter levado os prêmios de edição de som e mixagem de som. O que se espera de um filme musical.

Lala land merece ter destaque. É uma ousada tentativa arriscar num filme tão lúdico e com música. Mas vi o filme bem sessão da tarde, não me pegou. Embora reconheça que ele é bem feito. Me recuso a aceitar Lala land como musical. Lala land vendeu um musical e entregou um filme com músicas.

Mas se o filme era o padrão Academia , o que deu errado ? Talvez nem eles tivessem essa pretensão. Talvez a superexposição, a vontade da mídia em enaltecer o filme tenham levado a expectativa nas alturas. Eu quero acreditar que os filmes de Oscar vão policiar mais e não fazer apenas mais um filme de sonho americano.

Dentre os filmes de 2015, A chegada, Moonlight , Hacksaw Ridge fizeram o dever de casa . Tanto agradaram a Academia , quanto ao público. Fazer cinema é muita inspiração e muita emoção. A sétima arte tem sempre algo a dizer.

Fico feliz que o prêmio de melhor filme tenha ido para um filme que teve o que falar. Que não teve medo de contar uma história sobre um negro, gay, que convive com a mãe viciada. Que pode mudar a vida de muitas pessoas.

A vida real , quando bem contada,ainda  é mais interessante do que um sonho cantado.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.