Tinha Que Ser Ele ? TINHA ! [Crítica]

Quando você pensa que a história do pai com ciúmes da filha ao conhecer seu namorado , já está mais do que batida, vem  Bryan Cranston e mostra que não.

Tinha que ser ele ? , fala sobre outras coisas, principalmente em conflito de gerações. Como um empresário conservador, pai de família, que tem uma gráfica e é alheio a tecnologias, se relacionaria com um jovem de 30 anos, com cabeça de 18 que ficou milionário criando aplicativos ? E como todo esse dinheiro pode ser torrado por esse jovem. Será que nossa versão mais nova nos incomoda mesmo ?

WhyHim_clip_checkin

James Franco é o bem-intencionado (mas totalmente sem filtros ) bilionário de Silicon Valley, Laird. Laird é um cara carente, que busca agradar a todos fazendo todas as excentricidades. Incluindo tatuar pessoas que nem conhece. Bryan é Ned, que descobre no aniversário que sua filha está namorando e decide visita-la no Natal.

James franco,a exemplo de seu irmão Dave, resolveu abusar da nudez. Sua primeira aparição já mostra um começo de nu frontal, com direito a pelos e tudo. Menos de 2 minutos depois, ele já tira a roupa e rebola a bunda para câmera com direito a close. Sem camisa em 99% das cenas e sorrindo em 100% , James está convincente no papel . Bryan não fica para trás e você nem lembra do sério Walter White. Bem confortável no papel, ele mostra que sabe variar de papel.

O filme ainda conta com a participação da banda Kiss, Cedric the Entertainer e Kaley Cuoco(voz) .

 

James Franco Photo by Gilbert Flores MAXIM Magazine 100th issue Celebration at the Wynn Las Vegas April 8, 2006 - Las Vegas, Nevada Celebrityphoto.com P.O. Box 1560, Beverly Hills CA  90213 - 1560 - USA Tel # 310-786-7700 Fax # 310-777-5455

Uma comédia que resgata piadas com privadas, palavrões(muitos) e que tem esse sorriso maravilhoso, merece uma chance.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.