A Cura | Crítica

Muitos spoilers para o seu bem !

Eu sou conhecida por gostar de filmes “ruins” . Como apreciadora do trash e dos filmes B, eu sempre vejo uma coisa boa nos filmes.

Mas as vezes o impossível acontece e um filme consegue ser ruim em todos seus minutos. No caso de A cura, é ruim por eternos 139 minutos. Sim, o filme passa das duas horas.

Vamos a sinopse.

Um jovem (Dane DeHaan) é um executivo que tem a missão de buscar o presidente da empresa que deixou uma carta “de despedida dizendo que iria para um spa e que não voltaria e que iria se tratar dos males do mundo.

Chegando no tal spa que parece uma versão do Nosso Lar nos Alpes, ele depara com um grande castelo onde todos os “internos” são idosos ricos . O celular não pega, não há telefone e voce ( e ele) percebem que não é um local amistoso.

Apos não conseguir exito em ver o presidente da empresa, ele resolve ir para um hotel e voltar no dia seguinte. No meio do caminho ele sofre um acidente e acorda três dias depois no tal spa. E estamos com 25 minutos de filme e vamos ter no minimo 1 hora e meia de tentativas do protagonista sem carisma e sem inteligencia tentando entender o que está acontecendo no spa. O filme até tem uma plástica bonita, mas voce desiste apos Lockhart ( Dane Dehan) fugir com outra interna numa bicicleta . O esquema de segurança não era tão seguro assim, apos se envolver numa briga, ele é levado de volta ao spa, essas “fugas” se repetem e os clichês tambem. Apos 2 horas você já não acredita que mais nada  vá acontecer.O médico/dono do spa explica para Lockhart que o tal spa usa um tipo de enguias para filtrar uma substancia dentro do ser humano e produz um elixir . Nesse momento nada faz sentido com nada.

Ainda temos quinze minutos e agora vemos Lockhart com comportamento passivo, apos ter as tais enguias introduzidas goela abaixo. Nos últimos cinco minutos temos ação. Temos incesto, tentativa de incesto, tentativa de estupro, incêndio e assassinato.

Duas horas e dezenove minutos perdidos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.