Não é preciso 13 motivos para falar sobre suicídio na adolescência

O suicídio é uma importante questão de saúde pública e se encontra entre as três maiores causas de mortes de crianças e adolescentes. Segundo levantamento mais recente, o Mapa da Violência, que se baseia em dados coletados pelo Ministério da Saúde, a faixa etária em que as taxas de suicídio mais cresceu no Brasil entre 2010 e 2014, foi a dos 10 aos 19 anos.

imagem_release_911939Essas mortes são a face trágica de sérios problemas enfrentados pelos jovens, que por muitas vezes, passam despercebidos por amigos e familiares, tais como abusos, bullying, preconceitos relacionados à orientação sexual e perturbação mental.

O assunto é tema da nova série da Netflix, baseada no romance do estadunidense Jay Asher, 13 Reasons Why, traduzida como Os treze porquês, traz à tona um relato autêntico do conturbado período que é a adolescência. Na série, o suicídio é tratado como uma consequência das ações de outras pessoas, assim como no livro Mais do que Isso, do conceituado autor da obra Sete Minutos depois da Meia-Noite, Patrick Ness.

Publicado pela Editora Novo Conceito, a obra conta a história de Seth, um jovem cheio de conflitos, que o levaram para uma decisão irreversível de tirar a própria vida. Em meio a uma batalha contra si mesmo, a jornada do protagonista é repleta de dúvidas, medo, solidão e lembranças, principalmente de uma mãe que não aceitava a sua orientação sexual.

Mais do que isso é um livro que revela muito sobre a vida de tantos adolescentes, que não sabem lidar com situações traumatizantes. Apesar de dolorosa, a história é um romance intenso e cheio de surpresas que carrega uma importante mensagem para os tempos atuais e que irá instigar o leitor a se questionar sobre seus próprios preconceitos e hipocrisias.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.